sexta-feira, 18 de julho de 2008

Quero gozar !


Hoje não quero escrever...quero gozar !!!
Onde estão todos, pulo de um pro outro, não vejo ninguém...
Cacete, justo hoje que quero gozar, não quero escrever ....
Passo os dedos pelos meus seios, empurro o soutien
Levo os dedos à boca, em seguida dou voltas pelo meu bico
Alguém por aí ? Não quero mais escrever, quero gozar !

Me visto de luxúria, me toco sem ninguém me ver
Cadê você ...vem, me vê
Escorrego as mãos pela barriga, estico minhas pernas na cadeira

Não quero mais escrever, quero gozar...

Entro com as mãos dentro da calcinha,
Sinto os pelos finos, macios
Descubro um vale, entro nele com todos os dedos
Enfio dois deles para dentro e solto um gemido
Entro e saio sem resistências, entra e sai melado
Levo os dedos à boca, doce...doce....

Quero gozar....não vou escrever

Esparramo o mel sobre minha boceta, que vira buceta
Aberta, escancarada....quero ouvir, me diz
Puta, vadia, cadela no cio
Mais uma tentativa e ninguém...
Não quero mais ninguém a me ver

Vou gozar, parei de escrever !!!!!
doces mordidas

3 comentários:

Edson Marques disse...

O prazer é indispensável à Vida!


Vou deixar um link pra você:


Abraços, flores, estrelas..

Vampira disse...

Querido Edson,

digo que a vida é um prazer !!!

doces mordidas

Anônimo disse...

Que delííícia!!!