terça-feira, 15 de julho de 2008

Fora !

OK, vou baixar o som !!
desligo, final de conversa

Será que não entendem que não quero escutar o que se passa em mim ?

Não posso ouvir...não tenho que ouvir...você dentro de mim;
O som do gozo que me deu, da sua língua me limpando
Sai daqui...por favor !

Não posso ouvir...não tenho que ouvir...a cada pulso, cada correr de sangue em mim;
O ir e vir úmido, apertado, sôfrego
Sai de mim, vai !

Não posso ouvir...não tenho que ouvir.....o roçar de sua pele na minha, o gemido de cada poro;
Cada fio de cabelo pedindo mais, implorando mais
Vai embora...por favor !!

Não, não posso ouvir...não tenho que ouvir;

Te expulso de mim,
Te vomito,

Por cada poro.
Arranco cada fio de cabelo que diga o contrário....

Me quero de volta!!!
Me devolve pra mim !!!
Por favor !!!

just mordidas

Um comentário:

Pavón disse...

As vezes parece que tem algo, ou alguem, dentro de nós que grita, esperneia, e quer explodir em nós... queremos impedir, mas tem momentos que é impossivel!!

Beijos